Polícia! Caio Castro não cumpre contrato e pode pagar R$ 560 mil à marca de relógios

Polícia! Caio Castro não cumpre contrato e pode pagar R$ 560 mil à marca de relógios

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Lá vem mais um bafafá para animar a sexta-feira. O assunto da vez é a condenação de Caio Castro pela 1ª Cível do Fórum da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, a pagar R$ 560 mil à Technos, marca de relógios, por não tem cumprido o contrato firmado entre eles. As informações são de Patrícia Kogut, colunista do jornal O Globo.

• Curta o Fica Quietinho no Facebook

Na sentença – que foi publicada no Diário Oficial no dia 20 de maio, mas só agora ganhou destaque na imprensa -, o juiz afirma que o ator ainda poderá ter que pagar também pelos danos materiais causados à empresa, em valores ainda a serem calculados pela Justiça. Caio ainda pode recorrer da decisão.

Entenda o caso

De acordo com a marca de relógios, Caio Castro foi contratado para ser o embaixador da Technos e uma linha de produtos com seu nome também seria lançada. No entanto, ele nunca fez as fotos para a campanha publicitária e muito menos gravou os vídeos previstos. A empresa diz que o ator sempre alegava outros compromissos e contratempos para justificar a ausência.

• Siga o @FicaQuietinho no Twitter

A Technos pede ainda no processo que receba uma indenização por danos materiais, uma vez que um primeiro lote com as pessoas assinadas por Caio Castro chegaram a ser produzidos, mas nunca puderam ser comercializados, visto que o lançamento jamais conseguiu ser marcado.

O outro lado

A colunista afirma que procurado, Vitor Castanheira, pai do interprete de Grego em  I Love Paraisópolis, disse que não tinha conhecimento do processo em questão e que seu filho não iria se pronunciar sobre o caso.

Vale lembrar que Caio Castro já fez campanha para a Technos em outras ocasiões, vide a imagem abaixo que, por acaso, foi feita para o Dia dos Namorados, lá em 2011.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação