Foto: Reprodução

Polêmica! Estudo aponta que músicas de Beyoncé, Ke$ha e Lady Gaga têm as letras mais estúpidas

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Little Monsters, BeyHives e Animals, preparem-se para o bullying. Sim, a vida de vocês será um inferno a partir de agora. Tudo por conta de um estudo sobre as músicas mais badaladas dos últimos anos, que revela quais são as mais sofisticadas e as mais estúpidas. E o resultado vai deixar vocês MUITO decepcionados.

• Curta o Fica Quietinho no Facebook

O estudo foi feito pelo site SeatSmart, que analisou 225 músicas que passaram semanas no topo das paradas da Billboard, entre 2005 e 2014. Foi usada uma ferramenta chamada readability-score, que mostra o grau do nível de leitura de um texto. Aqui, no caso, os textos analisados foram as letras das músicas.

Para não colocar todo mundo no mesmo pacote, rolou uma divisão por estilo musical. E na categoria Hip-Hop, as métricas apontaram Eminem como o responsável pelas músicas mais inteligentes. Beyoncé amargou o último lugar, como mostra o ranking abaixo:

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A categoria pop é bastante polêmica. Foram levados em consideração sete artistas, todos muito famosos e amados por muita gente. E a nota que separa o primeiro do último colocado, dada a proporção da análise, é bem distante. Mariah Carey ficou com a medalha de ouro (ponto para os Lambs!), considerada a dona das músicas mais inteligentes. Em último lugar aparece Ke$ha. Antes dela, em penúltimo lugar, Lady Gaga.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

As duas últimas listas apontam as dez músicas mais inteligentes e as dez mais estúpidas dos últimos dez anos. E uma coisa curiosa aconteceu: Katy Perry e Maroon 5 aparecem nas duas! Ke$ha volta a ter o nome em evidência aqui também – mas na lista das piores canções. Dê uma olhada:

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Na conclusão do estudo, o site levanta a dúvida sobre nossa possível falta de critério ao fazer certas músicas ganharem tanta evidência nos charts. Concorda com os resultados?