Foto: Reprodução

Marion Cottilard seria pivô de separação de Brad Pitt e Angelina Jolie, diz site

Lá vem! Não deu nem tempo de Angelina Jolie anunciar sua separação de Brad Pitt que os boatos envolvendo traição já começaram e inclusive com um grande nome de Hollywood envolvido. Quem conta a história de que o ator e Marion Cotillard tinham um caso é o Page Six.

Siga @FicaQuietinho no Instagram

Mesmo com as informações dadas pelo TMZ de que Jolie afirma que os motivos do divórcio não envolvem uma “terceira pessoa” e sim a forma como Pitt lidava com os filhos, o site publicou que a atriz de Piaf teria começado um affair com ator nos bastidores de Aliados, filme no qual atuam juntos.

Curta o Fica Quietinho no Facebook

Uma fonte do Page Six afirma que Angelina teria desconfiado do marido e contratado um detetive para espionar os dois nas gravações do longa. O resultado teria sido a descoberta de que eles eram amantes.

Esta mesma fonte comenta que o estilo de vida do agora ex-casal teria mudado bruscamente nos últimos tempos. Eles teriam se afastado um pouco por conta do envolvimento excessivo de Jolie com suas causas humanitárias e Pitt não estava muito contente com isso.

“À medida em que Angelina envelhece, ela também se torna mais séria e fica cansada dessa coisa de Hollywood. Brad quer fazer filmes. Ela não. É uma diferença fundamental. É a maneira que você vive sua vida”, conta o informante.

O porém disso tudo é que Marion Cotillard tem um relacionamento com o diretor e ator Guillaume Canet. Os dois estão juntos desde 2007 e têm um filho juntos. E agora?