Medina, West, Swift, Watson e Kardashian estão entre 100 mais influentes do mundo

Medina, West, Swift, Emma Watson e Kim Kardashian estão entre 100 mais influentes do mundo

Foto: Reprodução/Montagem Fica Quietinho

Foto: Reprodução/Montagem Fica Quietinho

A revista Time publicou nesta quinta-feira, 16, sua nova lista das 100 pessoas mais influentes do mundo. Como sempre, entre os nomes do rol estão celebridades, empresários, cineastas, músicos, magnatas e afins. E entre eles estão o surfista brasileiro Gabriel Medida, a atriz Emma Watson, Taylor Swift, Kanye West e Kim Kardashian, descrita como “a primeira dama da fama”.

• Curta o Fica Quietinho no Facebook

Gabriel Medina mereceu o posto depois do sucesso nos campeonatos de surf que fizeram seu nome – e, consequentemente, o Brasil – aparecer entre os grandes no mundo das pranchas, ondas e parafinas.  West foi aclamado por sua contribuição para a indústria musical e enquadrado no grupo dos “titãs” na lista de influenciadores. Já Emma Watson ganhou destaque por sua “valente e inteligente” militância feminista. Taylor Swift, o “fenômeno do pop”, não poderia estar fora desta.

• Siga o @FicaQuietinho no Twitter

Também na lista, Reese Witherspoon  teve destacado seu papel em Wild, filme no qual viveu a escritora americana Cheryl Strayed. Já a atriz Laverne Cox, conhecida por sua atuação no seriado Orange Is The New Black¸da Netflix, foi eleita um ícone da luta dos transgêneros.

Além de gato, Bradley Cooper foi aclamado por ser um “camaleão do cinema” e ninguém pode descordar disso, não é mesmo? Outro galã na lista é Chris Pratt. O boy magya foi considerado um homem de liderança, que tem “aquela coisa mágica que permite que você saiba que ele está acostumado a trabalhar duro e não está interessado em perder o seu tempo”.

Julianne Moore, que arrasou nos prêmios por sua atuação em Para Sempre Alice, teve ninguém menos que o estilista e diretor Tom Ford escrevendo sobre ela na revista. Ford destaca suas qualidades como mulher e atriz e a chama de “uma estrela sem medos”.  Já o diretor Christopher Nolan foi ovacionado como “o filósofo das telas” por Michael Caine. Entre os elogios, o diretor de Batman Begins recebe os louros por comandar blockbuster de sucesso.

A islandesa Björk é chamada de “a mais poderosa sacerdotisa da arte” por Marina Abramovic. E nisso tudo pode haver muita discordância por quem não curte o estilo da segunda, mas ninguém pode negar que a primeira não pode ser considerada menos do que isso. E por falar em cargos eclesiásticos, o Papa Francisco é outro ícone nessa grande lista.

Quem quiser conferir todos os nomes  e textos – tem que saber inglês, ok? – basta clicar aqui.