Capa da OUT, Britney Spears diz que seu inferno é estar de dieta

A edição de abril da revista gay OUT Magazine é histórica. Além de trazer Britney Spears na capa, super sensual (NOT) mordendo a beiradinha da unha, pela primeira vez na história  da publicação eles dedicam a edição de abril inteiramente para as mulheres que inspiram, escandalizam, educam e estimulam (não nesse sentido mal que você está pensando).

A edição traz além da capa com Britney, uma capa com Madonna fotografada por Richard Corman em 1982, poucos meses antes de sua carreira disparar.

Na parte que corresponde à Britney, a entrevista fala sobre Gaga, Aguilera, Rihanna, como Femme Fatale é o seu álbum mais maduro e talz e pantz. Veja algumas partes com meus comentários! ;x

Há alguma música que você não gostaria de ter gravado ou que não ama?
Não. Todas as minhas canções são incrivelmente fodas.

[Cláudia já está na poltrona, sentadinha!]

Você escuta músicas contemporâneas?
Sim, eu amo GaGa e Rihanna. S&M é sensacional.

[Na na na come on!]

Qual a música dos últimos 10 anos você gostaria de ter gravado?
Love the Way You Lie de Eminem com Rihanna.

[Desculpa Brit, mas acho que ia ficar uma merda com você cantado!]

Qual álbum mudou a sua vida?
Left out of the Middle da Natalie Imbruglia.

Qual é o boato mais ridículo sobre você?
Que eu era um alienígena.

Minha ideia de inferno é..
Estar de dieta.

[Aê Brit! Tô com você nessa!]

Como você se sentiria se um de seus filhos virasse gay?
Eu amo meus filhos acima de qualquer coisa.

[Lógico que ela responderia isso pra uma revista gay, né?]

A pior parte de ser famosa foi…
Desistir da sua privacidade.

Qual sua opinião sobre cirurgia plástica?
Quando chegar a hora de eu esticar e puxar a pele, eu vou considerar.

[chegou a hora, não?]

Lady Gaga é…
Única.

Christina Aguilera é…
Realmente talentosa.

Beijar a Madonna é …
Cool.

Britney Spears é …
ME!

[Ué, num é Bitch? Droga!]