Assim como sua irmã, criadora de Sense8 assume ser uma mulher transgênero

Assim como sua irmã, criadora de Matrix e Sense8 assume ser uma mulher transgênero

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Os irmãos Wachowski não existem mais. Agora são as irmãs Wachowski. É que o diretor Andy Wachowski seguiu os passos de sua irmã, Lana, e divulgou nesta terça-feira (8) que é uma mulher transgênero, passando a se chamar Lilly.

Ao lado de Lana, Lilly tornou-se uma cineasta conceituada em Hollywood devido ao sucesso da trilogia Matrix, feita em parceria com sua irmã. Atualmente, a dupla assina e dirige a badalada série Sense8, da Netflix.

Lilly revelou sua transição de gênero a um veículo da comunidade LGBT de Chicago e disse ter tomado esta decisão após ser abordada pela imprensa. “Eu só precisava de um tempo apra colocar a minha cabeça no lugar para me sentir confortável”, escreveu.

Em 2012, Lana foi a primeira das irmãs Wachowski a se assumir como mulher transgênero. Até então, ela era conhecida como Larry, até que teve coragem de se assumir. Inspirada na irmã, Lilly seguiu os mesmos passos e deixou seu passado como homem para trás.

“Ser transgênero não é fácil. Nós vivemos em um mundo com maioria de orientação de gênero binária. Isso significa que quando você é transgênero, você tem que encarar a dura realidade de passar o resto da sua vida em um mundo que é abertamente hostil contra você. Então, é. Eu sou transgênero. E, é, eu passei por minha transição. Eu me assumi para meus amigos e família. A maior parte das pessoas no trabalho também. Todos estão tranquilos com isso. Sim, graças à minha irmã fabulosa eles já passaram por isso antes, mas também porque eles são pessoas fantásticas. Sem o amor e o apoio da minha esposa e amigos e família eu não estaria aqui hoje”, escreveu Lilly.

O texto completo com o desabafo da cineasta pode ser lido aqui.