Unicorns e Futeboys disputam 1ª edição da Taça Hornet de Futebol da Diversidade

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

A diversidade sexual, que está cavando seu espaço nos gramados pouco a pouco, acaba de ganhar um grande parceiro. O Hornet, aplicativo de smartphone para encontros gay, irá promover no dia 29 de julho a primeira edição da Taça Hornet de Futebol da Diversidade.

Siga @FicaQuietinho no Instagram

Isso mesmo que você leu: prepare-se para um dia de muita cor, boys e bola na rede. O campeonato, que contará com quatro equipes do país, cada uma delas com dois times, é o primeiro interestadual de futebol focado na comunidade gay. \o/

Curta o Fica Quietinho no Facebook

De São Paulo teremos os nossos queridinhos Unicorns F. C. e os Futeboys. Diretamente do Rio de Janeiro, os cariocas do Bees Cats. E de Curitiba, o Capivara Futebol Clube. Já dá para fazer aquele networking esperto e de quebra torcer pelos meninos. Bora lá?

Selfie dos Unicorns para lembrar que hoje tem nosso encontro semanal!!

Uma publicação compartilhada por UNICORNS 🌈 (@unicornsbrazil) em

Regulamento

As regras da Taça Hornet de Futebol da Diversidade são bem similares ao de jogos convencionais de estádio, mas com algumas pequenas diferenças e peculiares por se tratar da modalidade society: seis jogadores em campo e quatro na reserva para cada time. As partidas terão dois tempos de 10 minutos cada. Já a final terá 30 minutos de duração para garantir aquela emoção à torcida.

Foto: Divulgação

Os jogos irão acontecer a partir das 15h do sábado, 29 de julho, na unidade da Pompéia do Playball, localizado na Avenida Nicolas Boer, nº 66, em São Paulo. A entrada é gratuita.

Já separe seu look bafônico, ensaie seu grito de guerra, chame os amigos e prepare-se para um dia maravilhoso! Nos vemos lá, ok? 😉

29.08.2017

Uma publicação compartilhada por Futeboys F.C. (@futeboysfc) em

Ah, enquanto o dia não chega, vem seguir a gente no Spotify e aproveita para ouvir a nossa playlist de incentivo à práticas esportivas sem homofobia. Chega mais:

postado por Vinícius Costa em 12 de julho de 2017 às 0:47