Ganhar um Oscar, adotar um filho e pedir um divórcio

Não são exatamente aquelas três coisas que dizem que alguém precisa fazer na vida para poder enfim morrer feliz – plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro -, mas sua vida está passando por três momentos marcantes, segundo a reportagem de capa da revista People, que estará nas bancas nesta sexta. Após ganhar o Oscar de Melhor Atriz por sua atuação em Um Sonho Possível, Sandra apresenta o bebê que adotou em segredo e fala sobre o final de seu casamento com Jesse James.

Sandra e Louis na capa da People

Uma mudança e tanto. O pequeno Louis, hoje com três meses e meio de vida, é resultado de um processo de adoção que levou 4 anos para se resolver. A criança nasceu em New Orleans e recebeu esse nome em homenagem ao cantor Louis Armstrong, aquele de What a Wonderful World, música que Sandra disse estar em sua cabeça na hora em que viu o bebê pela primeira vez.

“É como se ele tivesse feito sempre parte das nossas vidas”, comemorou a atriz.

E como o rapazinho chegou em meio a uma época de premiações cinematográficas, Sandra disse que preferiu deixá-lo longe dos holofotes antes que de agarrar sua estatueta do Oscar.

“Eu queria estar sozinha com o bebê o quanto eu pudesse, para depois então contar sobre ele”, diz Bullock, que está finalizando a adoção de Louis como se fosse mãe solteira, uma vez que está se divorciando – dizem, entre o pessoal do cinema, que esta é a maldição da estatueta entregue à atrizes: o fim do casamento.

E de acordo com o site E! a atriz entrou com o pedido de separação, que para que não vazasse estava com os nomes das partes – Sandra e James – grafados apenas por suas iniciais. Espertinhos, não? E no texto da petição lê-se que “o casamento entre as partes tornou-se insuportável por causa de desacordos ou conflitos de personalidades o que coloca fim à legitimidade da relação e não deixa qualquer possibilidade de reconciliação”. Tenso né?! Na entrevista à People, Bullock diz que está com um pouco de medo do final de seu casamento. Vamos esperar pelo desenrolar dos fatos né…