Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

She-Ra fica bem diferente da versão original nas primeiras imagens da série na Netflix; veja

Foto: Reprodução

A Netflix deve colocar no ar só em setembro os novos episódios de She-Ra, produzidos especialmente para o serviço digital. Mas a Entertainment Weekly recebeu com exclusividade o novo visual da heroína que fez sucesso nos anos 1980. O novo desenho ficou bem diferente do antigo: mais moderno e próximo da estética atual das animações em 2D como Pokémon, que flertam com os mangás.

Siga o Fica Quietinho no Instagram

A nova série terá o nome de She-Ra and the Princess of Power (ainda não temos o nome em português) e não há data oficial para o lançamento. Por enquanto, apenas o mês de setembro é o indicativo da chegada dos episódios à plataforma.

Curta o Fica Quietinho no Facebook

Quando anunciou que faria o “remake” do desenho no final do ano passado, a Netflix informou que a heroína, irmã gêmea de He-Man, será uma princesa guerreira perfeitamente adaptada ao mundo atual, suas novas diretrizes e modernidades. A produção da animação é responsabilidade da Dreamworks Animation.

Foto: Reprodução

Empoderamento

Na década de 1980, quando os desenhos animados da She-Ra eram exibidos em programas infantis matinais, nada se falava sobre o papel da mulher na sociedade e muito menos sobre empoderamento. A versão original da animação teve apenas dois anos de episódios produzidos entre 1985 e 1987. Todos eles estão disponíveis na Netflix.

Foto: Reprodução

Uma curiosidade sobre a She-Ra 2.0, vamos dizer assim, é que ela será produzida por Noelle Stevenson. A cartunista americana, ganhadora do prêmio Eisner – o Oscar das HQs –, tem apenas 25 anos e nasceu em 1991. Ou seja, quando Noelle nasceu, as histórias da heroína, seu unicórnio Ventania e todo o reino de Ethéria já haviam deixado de ser produzidas.