Foto: Reprodução

Sem protestos explícitos, Lady Gaga faz show no intervalo do Super Bowl 2017

Foi uma agonia eterna a espera pela apresentação de Lady Gaga no intervalo do Super Bowl 2017 neste domingo, 5. O primeiro tempo da final do campeonato de futebol americano parecia interminável. Mas finalmente tudo aconteceu e a cantora apresentou um show bem coreografado ao som de diversos hits do início da carreira, além, claro, de Millions Reasons, single de seu último álbum, o Joanne.

Siga @FicaQuietinho no Instagram

Nós precisamos confessar que esperávamos mais. Não que o show tenha sido ruim. Jamais. Mas nós estávamos aguardando críticas mais diretas e duras ao governo Donald Trump, pelo menos. Gaga, no entanto, para o nosso espanto, não fez protesto explícito algum. Ou, pelo menos, não da forma que se espera que venha dela. Apenas repetiu o que vem sendo feito por outros artistas cantando no início o show This Land Is Your Land, de Woody Guthrie. A música tornou-se uma espécie de hino contra as atitudes do atual governo americano.

Os hits

A performance começou com sucessos como Poker Face e Born This Way. Os hits Telephonenós ficamos esperando Beyoncé aparecer de surpresa nesse palco! – e Just Dance também marcaram presença no setlist. Em seguida, Gaga mandou ver em uma versão de Million Reasons ao piano para depois finalizar a apresentação sob fogos de artifício e uma deliciosa volta ao passado com Bad Romance.

Houve quem reclamou nas redes sociais que a cantora se esqueceu da sua fase ARTPOP e até quem achou falta de mais músicas do último disco, o Joanne. Nós bem que estávamos torcendo para alguma rodada de microfone ao som de Perfect Illusion, mas a canção também ficou de fora.

Confiram o vídeo com a apresentação da cantora no Super Bowl:

Caso o player acima saia do ar: