Foto: Divulgação

Sem Melhor Filme Estrangeiro, Brasil segue na disputa por Melhor Documentário no Oscar 2015

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Infelizmente não deu para Hoje Eu Quero Voltar Sozinho. O filme não conseguiu seguir na disputa por uma indicação ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Mas o Brasil – que não desiste nunca – tenta ainda uma outra vaga na premiação. O Sal da Terra, sobre a carreira e a vida do fotógrafo Sebastião Salgado, concorre com mais 14 candidatos para ser indicado a Melhor Documentário.

O longa é uma produção em parceria entre o Brasil, a França e a Itália. A direção é dividida entre o brasileiro Juliano Salgado e o alemão Win Wenders e eles já foram premiados pelo filme no Festival de Cannes.

E vale lembrar que o Brasil também tem chances na categoria Melhor Curta-Metragem. Na lista dos dez pré-finalistas, o ótimo O Caminhão do Meu Pai, do diretor paulista Mauricio Osaki, com produção de Flavia Guerra (grande amiga do blog, que já escreveu aqui no FQ), disputa uma das cinco vagas. Dia 15 de janeiro saberemos se o filme estará entre os finalistas na cerimônia de premiação. Até lá, dedos cruzados, né?