Pé frio? Taylor Swift deixa maldição para times dos estádios em que faz show

Pé frio? Taylor Swift deixa maldição para times dos estádios em que faz show

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Gente, não é mesmo fácil ser Taylor Swift, hein? A pegação no pé da moça anda cada dia mais intensa. E por falar em pé, parece que o dela é meio frio, viu?! A mais nova teoria que paira sobre a cantora é que ela estaria deixando uma maldição sobre os times donos dos estádios onde passa com a 1989 Tour.

Promoção: quem quer curtir com a gente o ‘Meus Prêmios Nick 2015’ ao vivo?

De nada adianta estar poderosa na capa de novembro da revista GQ (essa foto ótima aí ao lado) quando os números coletados pela rede de televisão ESPN provam que a loira não dá sorte aos times de beisebol, por exemplo. Segundo o canal, depois que a cantora se apresentou no estádio Minute Maid Park, do Houston Astros, a equipe perdeu sete jogos seguidos e os caras vinham muito bem, obrigado, no campeonato.

• Siga o @FicaQuietinho no Twitter

Quer mais? O Nationals, time de Washington, ficou sem energia no estádio no meio de um jogo que aconteceu na mesma semana em que Taylor cantou no local. Mas pior mesmo foi para o San Diego Padres. Depois que Bad Blood foi cantada sobre seu gramado, a equipe foi eliminada da competição nacional.

• Siga o @FicaQuietinho no Instagram

E aí, pessoal, tudo isso seria apenas coincidência ou temos mais uma teoria de maldição? Seria Taylor Swift a versão de mau agouro feminina de Mick Jagger?

Em tempo: a cantora foi super elogiada pelo jornalista que a entrevistou para a GQ. “Se você não leva Taylor Swift a sério, você não leva a música contemporânea a sério. Não há nenhum antecedente para esse tipo de carreira: cruzando gêneros, jovem orientada, criticamente aclamada, baseada em músicas intuitivas e méritos de uma cantora. É um fenômeno absolutamente novo”, descreveu ele.