Parabéns, Chico Anysio!

Hoje Chico Anysio completa 79 anos e como eu sou setorista de aniversários aqui no Fica Quietinho, lá vou eu parabenizá-lo. E parabenizar um humorista que cresci assistindo e me divertindo é algo que me dá imenso prazer.

Humorista, aos 78 anos, em foto posada em sua casa

A Globo por conta de sua burrice deixa de aproveitar o talento de Chico. Isso é fato, todo mundo vê. Acreditar que Zorra Total é melhor do que um roteiro escrito por Chico Anysio é algo que não consigo conceber. Que deve existir alguma picuinha idiota da Globo com Chico, isso deve, caso contrário, ele não ficaria na geladeira, com participações especiais e esporádicas e nem seria obrigado a fazer pontas em novelas.

Cresci assistindo aos personagens de Chico Anysio, assim como também cresci vendo filmes de Mazzaropi e acredito que meu estilo de humor e meu timing para piadas venham dessas influências todas.

Lembro-me de quando criança que morria de medo do Bento Carneiro, o vampiro brasileiro. Aquele ser inofensivo, porém feio e estranho, me aterrorizava ao “balangar a sua capa e pinchar uma mardição”. Mas além dele, tinha Painho, Haroldo, Salomé, o astro Alberto Roberto, o pegador Silva e tanto outros que se for enumerar aqui leverei o dia todo. Adorava, talvez seja um dos meus preferidos, era o “homem de Deus”, Tim Tones, “glória a Tim Tones”. Aquele que tinha o celular de Deus, que falava diretamente com Ele e mandava “correr a sacolinha”.

Quando fiz 23 anos, ganhei dos meus amigos da faculdade uma coletânea dos melhores momentos e personagens de Chico Anysio. Presente que guardo com carinho e que já assisti mais de mil vezes, posso garantir. O deputado Justo Veríssimo com seu bordão “quero mais é pobre se exploda” e o professor Raimundo “e o salário oh!” também não podem deixar de ser citados.

Enfim, Chico Anysio é mestre do humor, é certamente um dos maiores entre os brasileiros e quiçá do mundo, na minha humilde opinião. Num mundo onde o que atualmente se chama de humor é o stand-up comedy, Chico vai muito mais além. Não é a toa que seu humorismo ainda é atual, renova-se a cada chance de apresentação em público que tem. Deve estar amarrado à Globo por conta de um contrato de multa milionária e de duração eterna, já que vai até 2012 e o mundo acaba ali. Algo triste, mas não há muito que se possa fazer.

Nas últimas fotos que vi de Chico, ele parecia um tanto quanto debilitado. Cansado de fato. Chegou a um evento numa cadeira de rodas, mas, em seguida estava de pé em meio aos convidados. É triste ver tanto talento sendo desperdiçado. Mas fica aqui meu desejo de vida longa ao mestre e gênio do humor, Chico Anysio. E que eu ainda possa vê-lo num palco fazendo algum de seus shows. Parabéns, Chico!