Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

Millie Bobby Brown negocia para viver Jill Pole em ‘As Crônicas de Nárnia: a Cadeira de Prata’

Vejam só que novidade maravilhosa, pessoal! Millie Bobby Brown – a Eleven, de Stranger Things – poderá dar vida a Jill Pole no novo filme da franquia As Crônicas de Nárnia. A informação é do site Comic Book.

Siga o Fica Quietinho no Instagram

Segundo a publicação, a atriz está em negociações para interpretar a protagonista da trama do quarto livro da saga. O novo projeto, que servirá como um reboot da franquia, será agora produzido pela Sony Pictures. Os três primeiros filmes, para quem não se lembra, foram realizados pela Disney.

As gravações de As Crônicas de Nárnia: a Cadeira de Prata devem começar no final do ano na Nova Zelândia. Já a pré-produção do longa fica para o segundo semestre de 2019. Com isso, o lançamento do projeto deve acontecer apenas no final de 2019.

Direção e trama

Se entrar para As Crônicas de Nárnia: a Cadeira de Prata, Millie Bobby Brown será dirigida por Joe Johnston. São deles também Capitão América: o Primeiro Vingador e Jumanji. O roteiro ficará a carga do ganhador do Oscar – por As Aventuras de Pi e Em Busca da Terra do NuncaDavid Magee.

Curta o Fica Quietinho no Facebook

Sobre o elenco, a Sony Pictures ainda não revelou nenhum nome. Além de ter oficializado o reboot nesta quarta-feira, 18, os estúdios liberaram também a sinopse do projeto: “60 anos após os acontecimentos de As Crônicas de Nárnia: A Viagem do Peregrino da Alvorada, o rei Caspian já é um homem velho e com problemas de saúde, em breve morrerá. Dez anos atrás, sua esposa foi morta por uma serpente e o seu único filho, Rilian, desapareceu sem deixar rasto, deixando Nárnia sem um herdeiro. Muitos dos maiores heróis de Nárnia partiram em busca do príncipe, mas nunca voltaram. Aslan recrutou as crianças Jill e Eustáquio para encontrar o príncipe perdido. Através de perigos incontáveis e cavernas profundas e escuras, o nobre grupo de amigos percorre a missão que os levará cara a cara com um mal muito mais bonito e mortal do que eles imaginavam”.