Ironia da vida: Rômulo Arantes Neto será alvo de travestis em Sangue Bom

Não bastou ficar um bom tempo na geladeira da Globo e ainda ter que passar por uma temporada amarga na dramaturgia da Record, o ator Rômulo Arantes Neto terá um de seus maiores podres ironizado na novela Sangue Bom. E não é deste podre aqui que estamos falando.

Na trama de Maria Adelaide Amaral, ele interpreta Tito, filho de Marisa Orth, e acabará preso. Já atrás das grades, o bonitão será alvo das travestis, que investirão pesado e o deixarão bastante sem graça.

E qual o problema nisso? Alguém aí se lembra do barraco que rolou com em 2007? Rômulo foi acusado de roubo e agressão por duas travestis no Rio de Janeiro. Na época, ele estava acompanhado do ator Lui Mendes e resolveu sair para "azarar" umas garotas de programa. Escolheram duas meninas, levaram para o motel e na hora do "vamos ver" perceberam que elas tinham uma surpresinha entre as pernas. Bateram nas "meninas" e não pagaram a conta do lugar. No rolo, ainda entrou o roubo da bolsa de uma prostituta. Enfim, uma confusão maluca.

Na época, Rômulo atuava em Malhação e a imprensa ficou em cima do garoto, que "abriu seu coração" à colunista Mônica Bergamo. Na entrevista, uma frase bastante infeliz foi a responsável por ele ser deixado de lado na Globo: "a comunidade travesti é um povo insatisfeito e muito infeliz".

Agora, em sua segunda chance na toda-poderosa, terá que suportar o assédio das "travas" sem reclamar. Ossos do ofício, né?