Foto: Reprodução

FQ Entrevista! Bernardo Velasco: “Vai ser a minha 1ª vez no teatro, imagine o meu nervosismo”

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Se a novela Malhação ficou sem graça na nova temporada, um dos motivos certamente é a ausência de Bernardo Velasco. O ator interpretou Nando, o professor magya de kung fu, e fez muuuita gente suspirar.

Além de todo o sucesso que Bernardo fez com o personagem, ele é uma simpatia! Deve ser por isso que já tem um monte de fãs seguindo o rapaz nas redes sociais e perseguindo-o pelo Rio de Janeiro. Mas para as mais atrevidas, damos o recado: o partidão já tem dona!

Como se já não bastasse a entrevista, Bernardo fez questão de nos enviar fotos exclusivas de um novo ensaio. A magya é tão grande que nem macumba derruba, minha gente! Vejam como foi a conversa:

FQ – Agora, fora da novela, vocês está ensaiando a peça Os Estudantes. Vai ser também sua primeira vez no teatro?

Bernardo – Pois é, no ano passado eu ensaiei uma peça por meses e só faltou estrear, o que não aconteceu por falta de patrocínio. Triste isso, né? A cultura em nosso país ser tão difícil de produzir… E agora, sim, essa vai rolar! Vai ser a minha primeira vez no teatro! Então, você imagina o meu nervosismo e ansiedade!

FQ – Sobre o que é a peça? Qual o seu personagem? Quando estreia? Nos dê todo o serviço, rs!

Bernardo – Somos 3 estudantes e moramos numa república, com personalidades diferentes, com passados distintos, enfim. No elenco estamos eu, o Lucas Cordeiro que esteve comigo na Malhação e o meu amigo Rodrigo Dorado, que fez Rebeldes. Consegui juntar 2 amigos e estou muito feliz! Estreia ainda não sei te dizer, mas é agora no fim de março, início de abril. O que eu posso adiantar é que viajamos pra Bahia primeiramente, creio que depois Maceió, e por ai vai.. rsrsrs

 

FQ – Como foi que você chegou à Oficina de Atores da Globo e como surgiu o convite para viver o Nando em Malhação?

Bernardo – Em 2010 comecei a estudar teatro e daí começou a surgir testes de elenco nas novelas da Globo. Até que em 2011 surgiu o teste pra oficina e eu tive a felicidade de ser aprovado! Foi incrível os 4 meses lá. Tenho muita saudade. Logo depois surgiu o convite pra integrar o elenco da Malhação. Eu já havia feitos testes praquela mesma Malhação, mas não havia sido aprovado. Já conheciam meu trabalho nos testes e depois acompanharam meu desempenho na oficina, e foi só por isso que veio o convite depois!

FQ – Você é formado em Educação Física. Viver um professor de Kung Fu na novela não deve ter sido problema. Qual foi a sua preparação para o personagem?

Bernardo – Fiz aulas com o Mestre Renan e fui aprendendo, além dos golpes, um pouco da filosofia de um mestre de Kung Fu! Fiquei muito honrado.

FQ – Qual a receita para manter o físico invejável que você tem?

Bernardo – hahahaha.. eu sou muito do esporte! Já fiz de tudo! Hoje em dia, apenas faço musculação, jogo futebol e faço alongamentos.

FQ – Sua primeira vez na televisão foi participando do Mais Você ou já tinha feito algo parecido antes? Já era modelo antes disso ou a carreira surgiu a partir do reality?

Bernardo – Nunca tinha feito nada, foi realmente a minha primeira vez na TV! Minha carreira de modelo se deu por conta dessa participação, e depois que fui eliminado do quadro me convidaram a começar uma carreira! Na verdade, foi só isso mesmo. Acho curioso como perder (não ganhar o reality) acabou se transformando em algo positivo em minha vida.

FQ – Como era sua vida antes da fama? O que mudou depois disso?

Bernardo – Já era o penúltimo dia do quadro e eu precisava voltar pro meu trabalho verdadeiro. Na época, eu trabalhava numa empresa dando aulas na academia de lá. Enfim, trabalhava exercendo minha profissão de Educação Física, na qual sou formado.

FQ – Quando entrou em ‘Malhação’, as pessoas te comparavam fisicamente ao Reynaldo Gianecchini. Em algumas entrevistas da época, você disse esperar que as comparações ficassem apenas no aspecto da beleza. Você não o acha um bom ator?

Bernardo – Jamais quis entrar nesse mérito, inclusive já o vi realizando ótimos trabalhos! Apenas temos carreiras diferentes, temos experiências diferentes. Tive a oportunidade de conhecê-lo e até falamos sobre isso! Admiro muito o Gianecchini e só posso desejar a ele cada vez mais sucesso e tudo que há de melhor!

FQ – Em quais atores você se inspira?

Bernardo – Engraçado que já falei isso milhões de vezes e cada vez fico mais fã de um “fulano” chamado Wagner Moura! hahahaha.. que ator maravilhoso, né? Bom, nem preciso entrar em detalhes porque todos já sabem disso. Também sou muito fã do James Dean, do Marlon Brando. Nossa, tem vários!

FQ – Hoje, pouco mais de um ano depois da estreia, quando você se lembra daquele dia 18 de janeiro de 2012, quando foi ao ar seu primeiro capítulo, o que te vem a cabeça?

Bernardo – Nossa, eu já tinha gravado algumas cenas e essa cena não ia nuuuuunca ao ar… ahahaha.. minha família estava numa expectativa muito grande, foi tenso!

FQ – Muitos atores não gostam de se assistir. Dizem que ficam se autocriticando. Você consegue se ver no ar na boa? Que sensação te dá assistir à própria atuação?

Bernardo –Sou também muito autocritico, mas consigo me assistir sim! até gosto, pois só assim verei no que estou errando para corrigir adiante! Até hoje, pego algumas cenas e vejo que, agora, faria muita coisa de diferente! Continuo estudando com ótimos professores e, por isso, já me considero um outro ator!

FQ – Já tem propostas para voltar à TV? Pensa em fazer cinema?

Bernardo – Nada certo ainda! Assim que souber de algo, divulgarei! hahaha.. tenho muita vontade de fazer cinema sim!

FQ – No meio do ano passado, você atacou de DJ na festa Walpaper, na The Week. O público gay que frequenta a balada foi à loucura. É tranquilo para você transitar nesse meio? Rolou muito assédio? Como lidou?

Bernardo – Me respeitaram muito. Acho que sabem da minha opção sexual e me respeitam por isso. Às vezes, rola algo que não gosto, mas fujo sem ser grosso.

FQ – Você é do tipo baladeiro ou caseiro? Está solteiro?

Bernardo – Sabia que essa pergunta estava chegandooo.. hahahaha.. Eu tô namorando e por isso estou caseiro e muito feliz!

FQ – Ultimamente você tem usado pouco suas redes sociais. Analisamos seu Twitter, Facebook e Instagram e notamos que você já foi mais ativo. Desencanou?

Bernardo – Na verdade eu adoro o Instagram. O Twitter eu nunca fui de usar muito, ainda mais agora com a peça eu sempre que entro é pelo celular, então entro rapidinho e digo alguma coisa aos que me seguem. Tento sempre me desculpar por nao responder a todos, mas é que realmente às vezes fica apertado. Vou tentar aparecer mais por elas! rsrsrs. Mas na minha página no Facebook procuro ser bem ativo, respondendo sempre que possível.

FQ – Recentemente você sofreu uma espécie de sequestro relâmpago ao chegar em casa de madrugada. Óbvio que milhões de coisas passam pela cabeça nesse momento. Qual foi o seu maior medo? O que você mudou na sua rotina depois disso?

Bernardo – Minha maior preocupação no momento era com a minha família. Eu só pensava: ” que bom que sou eu que estou aqui e não foi ninguém lá de casa!” Hoje em dia, estou mais atento na minha chegada em casa, sempre vejo se não tem carro atrás de mim, olho bastante ao redor, enfim, estou mais cuidadoso!

*O ensaio fotográfico com o ator foi feito pelo fotógrafo Sérgio Baia.