Forbes divulga lista 2011 com os personagens mais ricos da ficção

Como de costume, a Forbes divulgou mais uma das suas listas de afortunados. Dessa vez, Tio Patinhas volta a ser o mais rico do mundo fictício e o vampiro Carlisle Cullen, da saga Crepúsculo – que em 2010 ocupava o topo da lista – amarga a segunda posição. Entre 15 primeiros colocados, há várias mudanças em relação ao ano passado, com Sr. Burns, do seriado Os Simpsons, reaparecendo na lista e ocupando a 12ª posição empatado com Chuck Bass, de Gossip Girl, Riquinho ficando mais pobre e perdendo colocações enquanto também há nomes novos aparecendo e fortunas crescendo, algumas galopantemente, outras em passos mais modestos.

Vamos lá:

1. Tio Patinhas: US$ 33,5 bilhões (2010) para US$ 44,1 bilhões (2011)
2. Carlisle Cullen (Crepúsculo): US$ 34,5 bilhões (2010) para US$ 36,2 bilhões (2011)
3. Artemis Fowl II (Artemis Fowl): US$ 13,5 bilhões
4. Riquinho: US$ 11,5 bilhões (2010) para US$ 9,7 bilhões (2011)
5. Jed Clampett (A Família Buscapé): US$ 7,2 bilhões (2010) para US$ 9,5 bilhões (2011)
6. Tony Stark (Homem de Ferro): US$ 8,8 bilhões (2010) para US$ 9,4 bilhões (2011)
7. Smaug (O Hobbit): US$ 8,6 bilhões
8. Bruce Wayne (Batman): US$ 6,5 bilhões (2010) para US$ 7 bilhões (2011)
9. Mr. Monopólio (do jogo Monopoly): US$ 2,6 bilhões
10. Arthur Bach (Arthur): US$ 1,8 bilhão
11. Jo Bennett (The Oficce): US$ 1,2 bilhão
12. Sr. Burns (Os Simpsons): US$ 1,1 bilhão


13. Chuck Bass (Gossip Girl): US$ 1,1 bilhão (2010 e 2011)
14. Gordon Gekko (Wall Street): US$ 1,1 bilhão
15. Jeffrey Lebowski (The Big Lebowsky): US$ 1 bilhão

Veja aqui a lista publicada no ano passado. Vale lembrar que a Forbes exige que os candidatos a afortunados sejam autênticos, o que exclui personagens mitológicas e folclóricas. Além disso, eles precisam ser notadamente conhecidos como ricos pela audiência.