“”Estou em uma fase estranha porque a gente parece meio gordinha””, diz Sandy sobre gravidez

Todo mundo esperava pelo bebê de Sandy desde que ela se casou com Lucas Lima em 2008. Agora, finalmente grávida do primeiro filho, a cantora falou um pouquinho com a gente sobre a gestação durante a pré-estreia do filme Quando Eu Era Vivo, do qual é protagonista, ontem em São Paulo.

• Curta o Fica Quietinho no Facebook

"Estou em uma fase meio estranha porque a gente fica parecendo meio gordinha. Parece que engordou um pouquinho, né? Aí as roupas do dia a dia já não servem mais e as roupas de grávida também ainda não servem. Mas eu sou uma grávida bem tranquila, tive enjoo sim, mas já passou, graças a Deus", se definiu a futura mamãe.

Sobre o filme, que estreia oficialmente nesta sexta-feira, 31, Sandy disse que topou interpretar Bruna porque se encantou de cara pela personagem e pelo roteiro, que é baseado no livro A Arte de Produzir Efeito Sem Causa, de Lourenço Mutarelli. Ela contracena com ninguém menos que Antônio Fagundes, que teceu diversos elogios à colega de elenco.

"Fico muito feliz de ter participado desse filme, que foi muito bem feito, tem muita qualidade e eu tenho orgulho de estar envolvida nisso. Meus colegas foram sensacioanais. O Marat e o Fagundes foram maravilhosos comigo, estar com eles no set, nos bastidores. São companhias super agradáveis, são parceiros. Amei essa personagem e ver esse filho nascendo agora é muito bom para todos nós", comentou a atriz.

Quando Eu Era Vivo tem direção de Marco Dutra (Trabalhar Cansa) e Marat Descartes, Gilda Nomacce, Kiko Bertholini, Helena Albergaria, Rony Koren, Tuna Dwek, Eduardo Gomes, Lilian Blanc, Carlos Albergaria, Marc Libeskind, Carla Kinzo, Caetano Gotardo e Lourenço Mutarelli no elenco. Além disso, Sandy tem uma música inédita na trilha sonora do longa.