Foto: Vinícius Costa/Fica QuietinhoFoto: Vinícius Costa/Fica Quietinho

“O retorno tão positivo do público me surpreende”, conta Jaloo na Parada LGBT de São Paulo

Jaime Melo, ou melhor, Jaloo é um dos nomes em maior destaque do cenário atual da música brasileira. Vindo de Belém, com a música tecnobrega como pano de fundo, o jovem artista vem experimentando o reconhecimento do público nos últimos tempos. Com shows cada vez mais lotados e uma fã base cada dia maior, ele estava presente na 20ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, que aconteceu no último domingo.

Siga o Fica Quietinho no Instagram

Em cima do trio da Skol, onde fez um pocket show, Jaloo separou uns minutinhos para falar com a gente sobre sua carreira e o sentimento de estar fazendo parte da Parada. “Ao mesmo tempo em que estamos em um ano muito difícil para todos, principalmente a comunidade LGBT, esse é um ano também de grandes conquistas”, afirmou. “Finalmente entramos pro calendário oficial de eventos da cidade”, comemora.

Curta o Fica Quietinho no Facebook

Foto: Vinícius Costa/Fica Quietinho

Foto: Vinícius Costa/Fica Quietinho

“Eu estou aqui em cima vendo a coisa toda acontecer e estou muito feliz, transbordando muita energia positiva. É um misto de sensações. É aquele tipo de coisa que só acontece uma vez na vida. Estou preservando a lembrança”, descreve sua emoção ao ver a Avenida Paulista lotada.

Jaloo distribuía sorrisos e acenos para o público que acompanhava o trio. “Estou surpreso com esse acolhimento do público, de terem entendido a mensagem. A gente faz o trabalho, mas não espera um retorno tão grande. Quando acontece a gente fica meio chocado, mas com uma felicidade enorme no coração”, festejou.

Como um símbolo da luta LGBT e fazendo parte da Parada, pedimos paro cantor mandar um recado para os homofóbicos de plantão. “Sejam felizes! Isso é falta de alegria e realização própria, daí as pessoas acabam se incomodando com a felicidade alheia. Vamos cada um cuidar da sua vida e ser feliz!”, lacrou.