“Era feita para parecer com alguém que eu não era”, diz Miley sobre Hannah Montana

“Era feita para parecer com alguém que eu não era”, diz Miley Cyrus sobre Hannah Montana

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Miley Cyrus já deu diversas declarações sobre sua fase Disney, em que interpretava Hannah Montana e tinha uma legião de fãs adolescentes. Por muitas vezes, a loira afirmou que nunca se sentiu confortável naquele papel, mas nesta entrevista à edição de setembro da Marie Claire, a cantora criticou fortemente a forma como queriam que ela transmitisse ao público algo que ela não era.

• Curta o Fica Quietinho no Facebook

Embora Hannah Montana tenha sido a responsável por projetar Miley ao mundo da fama, não é com saudades que a dona do hit Wrecking Ball lembra da personagem. “Tudo era feito para que eu parecesse com alguém que eu não era”, diz a cantora. “Desde quando eu tinha 11 anos, tudo era ‘você é uma estrela do pop! Isso significa que você tem que ser loira, ter cabelos compridos e usar alguma coisa brilhante e apertada”, relembra ela. “Mas na verdade eu era uma menina frágil de 16 anos, com uma peruca e uma tonelada de maquiagem. Era como se eu estivesse em Toddlers & Tiaras [Pequenas Misses, no Brasil]”, confessa.

• Siga o @FicaQuietinho no Instagram

Miley revela ainda que começou a desenvolver problemas de imagem corporal por conta de Hannah Montana. Segundo ela, o programa “provavelmente me causou alguma dismorfia corporal porque eu fiz aquilo todo dia e por muito tempo, então, quando eu não estava mais fazendo aquele programa, era como se eu pensasse ‘que diabos sou eu?'”.

• Siga o @FicaQuietinho no Twitter

Quer mais? A ex-namorada de Patrick Schwarzenegger tem. “Quando você olha para aqueles retoques, as fotos perfeitas, você se sente como merda. Eles clareiam a pele de meninas negras. Suavizam rugas. Mesmo quando vejo uma foto minha no Instagram fico me perguntando: ‘por que eu não me pareço com isso?’. É muita chatice. É uma loucura o que as pessoas decidiram que todos devemos ser”, desabafa.

Mas Miley, completamente segura de si, aos 22 anos, decreta que não irá ser e nem viver de acordo com os padrões tradicionais de beleza. “Eu provavelmente nunca serei o rosto de uma empresa de beleza, a não ser que eles queiram uma fumadora de ervas, maluca liberal. Mas o meu sonho nunca foi vender gloss. O que eu quero é salvar o mundo”, afirma a loira.

Ou seja, além de maravilhosa nesta capa, Miley mostra que tem muito a dizer e fazer, né, gente? Muito amor!