Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

Em clipe de ‘Arrasou Viado’, Jojo Maronttinni pede respeito à historia do movimento LGBT+

Há quem diga que é tudo por causa do famosos Pink Money, mas o fato é que Jojo Maronttinni acabou de lançar seu mais novo clipe e ele é todo voltado à comunidade LGBT+. Arrasou Viado é um incentivo à autoestima de gays, lésbicas e todas as orientações sexuais marginalizadas. O babado conta com nomes como Salete Campari, David Brazil, Thamy Miranda e diversos outros do meio LGBT+.

Siga o Fica Quietinho no Instagram

Embora a música e sua letra tenham cativado gays, lésbicas e afins, uma polêmica do passado da funkeira vem depondo contra sua atual militância. É que a também conhecida como Jojo Todynho chamou um seguidor de “baitola” ao discutir com ele em uma rede social. Como na internet nada se perde e tudo se printa, a história voltou à tona quando saíram as primeiras imagens da gravação do clipe e o assunto passou a ser amplamente discutido entre a comunidade.

Orgulho LGBT+

Como se pode ver, Jojo tenta se aproximar ainda mais do público que a fez estourar com o hit Que Tiro Foi Esse?. Vestida com as cores da bandeira do arco-íris, símbolo da militância, ao final do vídeo a cantora clama em prol da luta. “Respeita a história do movimento LGBT+”, finaliza ela rodeada do elenco.

Curta o Fica Quietinho no Facebook

O clipe foi gravado na The Week, em São Paulo. Além dos nomes já citados, exaltam também o orgulho LGBT+ na passarela Carol Marra, Narcisa Tamborindeguy, Dicésar, Leo Áquila e Rita Cadilac. A música também já está liberada nas plataformas digitais como o Spotify.