Mark SallingFoto: Reprodução

Elenco de ‘Glee’ se manifesta sobre morte de Mark Salling, o Puck no seriado

Na tarde de ontem, 30, Mark Salling, o Noah “Puck” Puckerman de Glee, foi encontrado morto. Aos 35 anos, o corpo do ator estava em um lago em Los Angeles. A polícia trabalha com a hipótese de ele tenha se suicidado após ter se declarado culpado das acusações de posse de pornografia infantil. Durante a terça-feira e hoje, integrantes do seriado comentaram e lamentaram a morte do colega de elenco.

Siga o Fica Quietinho no Instagram

O intérprete de Will Schuester, Matthew Morrison publicou uma imagem em seu Instagram. Na foto, o ator está no meio de Mark e Cory Monteith – que morreu em 2013, quando Glee ainda estava no ar. No texto da legenda, Morrison apenas colocou emojis: de um lado um anjo, no meio um rosto triste e do outro mais um anjo.

😇😔😇

Uma publicação compartilhada por Matthew Morrison (@_matthew.morrison_) em

Jane Lynch, que viveu a treinadora Sue Sylvester, foi entrevistada pelo site TMZ e falou sobre o fato. “É triste e muito trágico”, disse ela brevemente. Questionada sobre quais lembranças terá de Salling, Jane respondeu após uma pausa. “Como o garoto que fez aquele vídeo meigo no começo de Glee, onde ele estava muito feliz em ser parte do grupo”, disse.

Jenna Ushkowitz, que fez a Tina, limitou-se a comentar a publicação de Morrison com um coração. Já Iqbal Theba, o diretor Figgins, escreveu em seu Twitter sobre a morte de Mark.

“Oh, Mark”, foi a primeira publicação. “A morte dele é dolorosa para mim. Alguns de vocês devem conhecê-lo somente por suas falhas, mas eu também o conhecia como alguém ótimo de se trabalhar e que era gentil com meus filhos. Eu realmente queria que ele tivesse lutado contra seus demônios, se redimisse e vencesse isso. Que todos nós possamos encontrar consolo em algumas de suas memórias mais gentis”, continuou ele em um novo texto.

Pedido de respeito à família

Um dos arranjadores vocais da série de Ryan Murphy, Tim Davis, escreveu pedindo respeito aos familiares de Mark Salling. “Hoje perdemos outro membro do elenco de Glee. Sim, ele cometeu crimes contra crianças. Sim, é horrível. Mas Mark Salling era um homem quebrado, sem dúvida ele próprio uma vítima de abuso. Amava Mark e estou triste quando considero a devastação de seus pais. Por favor, retenham seus comentários cruéis”, publicou.

“Deixe-me ser claro. Ter compaixão por Mark Salling de forma alguma minimiza seus crimes, nem minimiza a dor e a devastação das vítimas desses crimes. Apenas digo para vocês não aumentarem a dor da família. Este era o filho deles. Se vocês não têm pecados, sintam-se livres para atirar pedras”, continuou o texto.

Tentativa anterior

Mark Salling havia sido condenado recentemente a cumprir de quatro a sete anos de prisão por pose de pornografia infantil. Ele havia se declarado culpado e iria receber a sentença final em março. Ele já havia tentado tirar a própria vida antes de assumir a culpa no processo.

Curta o Fica Quietinho no Facebook

Em 2015 a polícia encontrou mais de 50 mil imagens de pornografia infantil em seu computador pessoal. Pela sentença recebida em seu julgamento, o ator teria que se registrar como agressor sexual e não poderia ter contato com qualquer pessoa menor de 18 anos sem a presença do pai ou um tutor legal.