True Life; MTVFoto: Divulgação

Documentário mostra vida secreta de atores HTs que fazem pornô gay

Quem assista às cenas acha difícil acreditar, mas nem todos os rapazes que fazem sexo gay em alguns filmes pornôs são de fato homossexuais. Mas é sobre isso que um novo documentário da série True Life, da MTV americana, vai falar. O episódio irá mostrar como é a vida real de jovens que fazem sexo com outro homem diante das câmeras, mas fora delas vivem uma vida heterossexual, casados e com filhos.

• Siga o @FicaQuietinho no Instagram

No trailer divulgado nesta semana, os performers Luke – mais conhecido nos filmes por Vadim Black – e Ben – que atende por Sean, na produtora Sean Cody – falam sobre as pressões que sentem por fazer sexo gay nas filmagens e viverem como heterossexuais. Os dois tem parceiras fora das câmeras, mas enquanto uma delas acha “sexy” o que o marido faz, a outra não faz ideia do que o namorado faz para viver.

• Curta o Fica Quietinho no Facebook

“Luke tem uma série de seguidores online, mas conseguiu manter seu segredo longe da namorada”, diz a narradora do vídeo. “Ben é um homem de família, casado, e que recentemente passou a fazer filmes de sexo gay para criar o filho”, continua o texto, que ainda vai mais fundo nos questionamentos.

“Cristal, sua esposa, pensa que é sexy. Mas será que todos compreendem esse seu estilo de vida incomum? Será que bem estaria disposto a comprometer-se com uma carreira de longo prazo na pornografia? Eles são estrelas em ascensão na industria pornô gay, mas as pressões do dia a dia os fará reconsiderar suas carreiras lucrativas?”, pergunta a narradora.

Nós estamos bem curiosos com essas respostas. Mas infelizmente ainda não sabemos quando o episódio estará disponível. Vale lembrar que no Brasil, temos um exemplo famoso de ator que é heterossexual e fez filmes pornô gay. Alexandre Senna, agora aposentado das câmeras, fez diversos filmes – principalmente no auge da revista G Magazine – e é casado com mulher, que sabia da profissão dele e não se importava nem um pouco com isso.

Entre os queridinho da indústria pornográfica gay gringa, temos Johnny Rapid. O mocinho é bissexual, tem uma namorada e recentemente virou notícia depois de ser preso acusado de ter agredido a companheira. Johnny é inclusive muito conhecido por suas cenas de sexo no papel do passivo da relação e também pela pegada mais hardcore dos filmes.

  • jesse pereira

    mama sem babar?

  • Hall Fucks Galvão

    Só eu acho que isso eh tudo montagem?

    • Mister Fucked

      Não, eu também acho.

  • Fagundes Souza

    Se ao menos fossem ativos, mas é tudo passivonas. Não da pra acreditar mesmo

    • Arthur Cobat

      Qual diferença se fosse ativo ou passivo?

      • André Corrêa

        Infelizmente tem gente que acha que só é gay (ou é mais gay) quem é passivo. Lamentável!
        Bem macho um cara que fica excitado com outro homem, não é?

        • Victor Rodrigues

          Bom, eu acho que existe uma diferença enorme entre uma boca chupar seu pau, um cu sentar no seu pau. Agora você chupar o pau de alguém, alguém comer o seu cu… As primeiras opções, você pode estar vendado e não saber qual o gênero de quem está lhe dando prazer. Já nessa última (sendo passivo)… Fora isso, não creio nem nos que são 100%… Saiu comigo? É viado sim, mona!!! Ter um histórico hétero na rua, não lhe dá o direito de ser homofóbico ou negar sua sexualidade real, caso o “histórico” do seu google chrome esteja repleto de pornô gay.

  • Antonino Souza

    oque não fazem por dinheiro neh dlç

  • Marciel Gomes

    Fala sério! Hétero é o caralho, todos gays e essas “esposas” são só fantoches, coitados dos filhos.

    • Victor Rodrigues

      Coitado dos filhos porque os pais são idiotas, ilusórios e homofóbicos, né? Porque uma negativa dessa… É que nem o Gabriel D’Alessando que apareceu no Doc. Phill. Faz horrores num filme bareback, deve estar até adocicado (Não por fazer mais passivo, e sim porque todo mundo, REPITO, TODO MUNDO, dá uma leitada naquele cu brasileiro) e a mulher diz que ele é hetero… Sei, senta lá Sandra Dee!

  • Elvis Norris

    Não vejo nada de errado! Sou hétero, casado com mulher e não tenho tesão em homem, mas sou passivo e adoro ser usado e abusado!
    Minha esposa não sabe de nada, mas já fiquei com garotas que curtiam isso e algumas até adoravam me ver sendo feito de puta!
    Nem tudo é fantasia! 😉

  • MáH

    Tem hétero que gosta de tomar dedada, tem gay que fica chapado e faz filho com mulher,tem hétero que gosta tanto de mulher que se traveste de mulher, tem gay mais macho que muito hétero, porque dar a bunda não é pra qualquer um, tem gente que reage tão violentamente a essas notícias que vc chega a desconfiar da preferencia sexual da pessoa.