Foto: Reprodução

Depois de Grammy, Pulitzer, Oscar e Globo de Ouro, Bob Dylan agora tem um Nobel

Não tem para ninguém, senhoras e senhores! Depois de ter recebido o Nobel de Literatura nesta quinta-feira, 13, Bob Dylan se consagra com o único no mundo a ter, além deste, ganhado os prêmios Pulitzer, Oscar, Grammy e Globo de Ouro. Façam suas reverências, por favor.

Siga @FicaQuietinho no Instagram

Ao anunciar Bob Dilan como o ganhador, Sara Danils, secretária permanente da Academia Sueca, justificou sua escolha dizendo que ele foi um “grande amostrador. E há 54 anos ele tem se reinventado. A começar por Blonde on Blonde, um exemplo extraordinário de sua maneira brilhante de rimar, juntando refrãos, e de sua maneira brilhante de pensar”.

Curta o Fica Quietinho no Facebook

Além de ser o primeiro compositor popular a vencer o prêmio de literatura, Dylan tem no currículo 11 Grammys, o último deles recebido neste ano pelo álbum The Bootleg Series Vol. 11: The Basement Tapes Complete. O Oscar e o Globo de Ouro vieram em 2001 pela canção Things Have Changed, trilha sonora do filme Garotos Incríveis.

Sete anos depois, em 2008, o músico foi agraciado com o Prêmio Pulitzer. A honraria lhe foi concedida por seu “profundo impacto na música popular e na cultura americana, marcado por composições líricas de extraordinária força poética”.

Tudo isso já bastante, mas tem mais. Bob Dylan ainda tem o Prêmio Príncipe das Astúrias, oferecido pela Espanha, e também faz parte do Hall da Fama do Rock and Roll Hall, dos Compositores de Nashville e dos Compositores. Ah, e em 2012, ele recebeu a Medalha Presidencial da Liberdade. No ano seguinte, foi honrado com a Légion d’Honneur francesa.

Precisamos de alguma coisa para poder dizer que Dylan é um gênio? Não, né?!