Foto: Reprodução

Debbie Reynolds, mãe da atriz Carrie Fisher, morre um dia após a filha

Mais um dia triste nesse 2016. Na noite desta quarta-feira, 28, a atriz Debbie Reynolds morreu aos 84 anos vítima de um acidente vascular cerebral (AVC). Ela era mãe de Carrie Fisher, a eterna Princesa Leia (Star Wars), que faleceu na terça-feira, 27.

Siga @FicaQuietinho no Instagram

Quem confirmou a morte de Debbie foi seu filho Todd Fisher. “Ela está com Carrie”, afirmou ele ao site TMZ. Celebridades lamentaram a perda da atriz em suas redes sociais. A apresentadora Ellen DeGeneres, as cantoras Ariana Grande e Gloria Gaynor e também a banda One Republic publicaram homenagens em seus perfis no Twitter.

Curta o Fica Quietinho no Facebook

“Eu amo você Billie. Muito muito. Descanse em paz, Debbie Reynolds”, disse Ariana.

“Eu não posso imaginar o que a família de Carrie Fisher e Debbie Reynolds está passando ao longo dessa semana. Eu mando a ela todo meu amor”, escreveu DeGeneres.

“Muito triste por saber que Debbie Reynolds se foi… um ícone americano e uma lenda de Hollywood”, lamentou Gloria Gaynor.

“RIP Debbie Reynolds”, escreveu o One Republic.

A carreira e prêmios

A carreira de Debbie Reynolds como atriz e dançarina foi marcada por sua participação no musical Cantando na Chuva, de 1952. Em seu currículo também estão filmes como Será Que Ele É? (1997) e O Guarda-Costas (1992) e séries como Uma Família da Pesada (2008) e Will & Grace (1999-2006).

A atriz foi indicada ao Oscar de 1965 por Inconquistável Molly e ganhou uma estrela na Calçada da Fama em 1997. Este ano, a Academia lhe concedeu o prêmio humanitário Jean Hersholt. Debbie foi indicada cinco vezes ao Globo de Ouro (em 1951, 1957, 1965, 1970 e 1997), uma única vez ao Emmy (2000) e ganhou diversos outros prêmios.