She-RaFoto: Reprodução

De volta! Netflix fará novos episódios de She-Ra para celebrar o empoderamento feminino

Em meio a tanta coisa triste que assistimos acontecer em 2017, em alguns setores tivemos avanços. A passos curtos – porém firmes e marcantes –, as mulheres estão conseguindo mudar a sociedade a seu favor. O empoderamento delas é a maior conquista. Seja por meio da música, das artes, da moda, a busca pelo fim do machismo, do sexismo e de tanto preconceito vem marcando territórios. E um dos ícones femininos da década de 80, a She-Ra, voltará às telinhas para celebrar tudo isso.

Curta o Fica Quietinho no Facebook

A Netflix anunciou nesta quarta-feira, 12, que fará novos episódios de She-Ra. A heroína, irmã gêmea de He-Man, será, segundo o comunicado do serviço digital, uma princesa guerreira perfeitamente adaptada ao mundo atual, suas novas diretrizes e modernidades. A produção da animação será de responsabilidade da Dreamworks Animation.

Empoderamento

Na década de 1980, quando os desenhos animados da She-Ra eram exibidos em programas infantis matinais, nada se falava sobre o papel da mulher na sociedade e muito menos sobre empoderamento. A versão original da animação teve apenas dois anos de episódios produzidos entre 1985 e 1987. Todos eles estão disponíveis na Netflix.

Uma curiosidade sobre a She-Ra 2.0, vamos dizer assim, é que ela será produzida por Noelle Stevenson. A cartunista americana, ganhadora do prêmio Eisner – o Oscar das HQs –, tem apenas 25 anos e nasceu em 1991. Ou seja, quando Noelle nasceu, as histórias da heroína, seu unicórnio Ventania e todo o reino de Ethéria já haviam deixado de ser produzidas.

Nós estamos ansiosos para ver essa nova versão de She-Ra, afinal, marcou a nossa infância. E vocês, como imaginam que será a heroína neste século 21?