Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

Colou? Nego do Borel responde às críticas da comunidade LGBT+ sobre clipe de ‘Me Solta’

Nego do Borel finalmente falou sobre as críticas que tem recebido da comunidade LGBT+ sobre seu clipe, Me Solta. Lançado nesta segunda-feira, 9, o vídeo foi amplamente questionado sobre misoginia, representatividade e reforço de estereótipos de minorias.

Siga o Fica Quietinho no Instagram

Ao jornal O Globo, Nego disse que a ideia do beijo em outro homem veio dele mesmo. Sobre a personagem que interpreta nas cenas, a Nega do Borelli, afirmou que ela representa sua própria liberdade. “Quis mostrar que as pessoas podem se soltar, beijar, transar, amar quem elas quiserem”, disse. “Quando decidi fazer esse clipe sabia que poderia ser algo polêmico, mas fui em frente. A Nega da Borelli é uma personagem que, pra mim, representa a liberdade de ser quem eu sou”, continua o moço.

“Eu gosto da diversidade, o clipe é exatamente um reflexo da favela, ela tem uma diversidade enorme. Chamei gente que vi na internet pra participar, a galera lá do Borel também”, tentou explicar ele.

A polêmica

Depois do colocar Me Solta no ar, começaram a chover críticas a respeito do projeto de Nego do Borel. O estopim do levante contra o cantor foi uma foto publicada em seu Instagram dias antes, na qual ele demonstra apoia o pré-candidato à presidência Jair Bolsonaro. Além disso, a forma escrachada como interpreta a tal Nega do Borelli, o oportunismo de tentar levantar bandeiras nunca antes defendida por ele – como a causa LGBT+ e a liberdade das mulheres – foram intensamente criticados pelo público e por representantes de movimentos sociais.

Curta o Fica Quietinho no Facebook

Anitta, amiga de longa data de Nego do Borel, aproveitou uma publicação em seu Instagram sobre o aniversário do rapaz para puxar a orelha dele. “Que você me escute um pouco mais pelo amor de Deus antes que eu fique doida da cabeça”, repreendeu a funkeira carioca na legenda das fotos.