Conchita Wurst faz topless na Rolling Stone alemã e fala sobre tolerância

Conchita Wurst faz topless na capa da Rolling Stone alemã e fala sobre tolerância

Foto: Reprodução/Rolling Stone

Foto: Reprodução/Rolling Stone

Conchita Wurst ganhou o mundo depois de vencer o Eurovision 2014. A drag queen austríaca virou a queridinha do estilista Jean Paul Gaultier e agora teve o reconhecimento de uma das mais respeitadas revista sobre música do mundo. A cantora é a capa da nova edição da Rolling Stone alemã, na qual aparece fazendo topless e falando sobre tolerância.

• Curta o Fica Quietinho no Facebook

Exaltada em um título de reportagem que evidência a sua contribuição à militância LGBT, Conchita fala sobre sua percepção a respeito da tolerância à diversidade sexual . “Eu acho que há muitas pessoas tentando ser mais tolerantes agora, que querem entender como outras pessoas vivem. Mais ainda é um longo caminho até chegar ao ideal […] Muitas pessoas não têm qualquer ligação com a comunidade LGBT e não têm conhecimento sobre muitas coisas. Essa é a raiz da insegurança e da agressividade”, declarou.

• Siga o @FicaQuietinho no Twitter

Nas fotos do ensaio, além de um topless – com os mamilos tapados! -, Wurst mostra uma tatuagem que tem nas costas em homenagem a mãe Helga. Confira:

Foto: Reprodução/Rolling Stone

Foto: Reprodução/Rolling Stone

Foto: Reprodução/Rolling Stone

Foto: Reprodução/Rolling Stone