‘Cantando na Chuva’ terá Jarbas Homem de Mello, Cláudia Raia e temporal no palco

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Preparem-se, pois a previsão para o mês de agosto é de muita chuva em São Paulo, mais precisamente no Teatro Santander. É que ali será o palco da versão brasileira de Cantando na Chuva, musical que completa 65 anos agora em 2017.

Siga @FicaQuietinho no Instagram

Apesar do elenco ainda não estar completamente definido, já temos dois grandes nomes confirmados na montagem. O casal Jarbas Homem de Melo e Cláudia Raia serão as estrelas da montagem. Veteranos dos palcos – ele já soltou a voz em Chaplin, Cabaret e O Fantasma da Ópera, ela, estrelou aclamadas adaptações como Sweet Charity, Crazy For You –, darão vida a Don Lockwood e Lina Lamont, atriz de filmes mudos que se depara com um grande problema com a chegada do cinema falado: sua voz é irritante.

Curta o Fica Quietinho no Facebook

Em entrevista ao blog Musicais em Cena (da Folha de S. Paulo), Jarbas disse que estava com a ideia de trazer o musical para cá desde 2012. Foi quando teve a oportunidade de ver a montagem londrina, em West End. Mas já adianta que a versão tupiniquim terá algumas mudanças. “Senti falta da coreografia emblemática do filme (quando Lockwood dança na chuva) no espetáculo, então vamos misturar elementos das duas versões”, revela.

Agora, uma coisa não será alterada para nossa sorte e encanto. Teremos chuva no palco! “Quem sentava nas primeiras fileiras ganhava capas de chuva para se cobrir. É um momento bacana da peça, onde há interação com o público”, contou o ator.

A direção

Cantando na Chuva terá a direção do americano Fred Hanson – responsável pelas cerimônias de abertura e encerramento da Olimpíadas – e versão brasileira das músicas pela dupla Mariana Elisabetsky e Victor Mühlethaler, que mostraram todo seu talento ano passado com as versões em português de Wicked.

postado por Vinícius Costa em 31 de janeiro de 2017 às 12:08