Liniker e Candy Mel na 1ª Marcha do Orgulho TransFoto: Pri Bertucci/Reprodução Facebook

Candy Mel, Pepita e Érica Malunguinho confirmam presença na 2ª Marcha do Orgulho Trans em SP

Durante essa semana intensificam-se os eventos comemorativos da diversidade na cidade de São Paulo. Além da 23ª Parada do Orgulho LGBT+, que acontece no domingo, 23, a capital paulista irá sediar no dia 21, sexta-feira, a 2º edição da Marcha do Orgulho Trans com a presença de Candy Mel, ex-vocalista da Banda Uó.

Siga o Fica Quietinho no Instagram

Idealizada por Pri Bertucci e confirmados os nomes de ícones do movimento com a deputada Érica Malunginho, a funkeira Pepita, a DJ Kiara Felippe (BATEKOO) e Dany Bond, o Largo do Arouche vai dar ainda mais visibilidade à luta.

Curta o Fica Quietinho no Facebook

Além disso, o evento também irá ajudar a inserir pessoas trans no mercado de trabalho. Apoiado por marcas como a Uber e a Quem disse, Berenice?, um banco de currículos será criado para receber os documentos e dar aquela chance importante de ingressar numa profissão desejada.

Celebração

O tema da 23ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo irá celebrar os 50 anos de Stonewall, marco do movimento LGBT+ nos Estados Unidos e, claro, para todo o mundo. O evento acontecerá no dia 23 de junho. “Esse tema reforça a ideia de que pessoas LGBT+ possuem representação social, política, cultural e jamais se renderão ao autoritarismo, ao conservadorismo, nem às ameaças de retrocessos de conquistas, arduamente alcançadas nesses 40 anos de história do movimento LGBT no Brasil e 50 anos pelo mundo. Sim, isso é um grande motivo de orgulho”, diz o manifesto da APOGLBT SP, ONG responsável pela organização da Parada em São Paulo.