Bruna Surfistinha diz ter feito mais de 3 mil programas

A quantidade programas que Raquel Pacheco, a Bruna Surfistinha, fez durante sua meteórica carreira como garota de programa supera, de longe, o número de vezes que você, caro leitor, pode vir a transar durante toda sua vida.

Raquel participou neste domingo (27) do programa Tudo É Possível, da Record, apresentado por Ana Hickmann, e foi sabatinada no quadro Vale Tudo, Só Não Vale Mentir e disse que fez mais de 3 mil programas enquanto prostituta. Ela iniciou sua carreira no mercado do sexo aos 17 anos e deixou a vida após se apaixonar por um cliente, com quem se casou e permanece com ele até hoje. Raquel tem 26 anos de idade.

Ela ainda disse que saiu com pessoas famosas, como um jogador de futebol e um apresentador de TV bastante conhecido, mas que está na geladeira. Ana Hickmann pediu para Raquel dizer o nome em seu ouvido, sob a promessa de não divulgar, mas ela recusou e acabou perdendo R$ 5 mil do prêmio inicial, encerrando sua participação com R$ 15 mil.

Sobre seu ingresso no mundo da prostituição, Raquel falou com naturalidade: “as pessoas me perguntam como se prostituição fosse matar alguém. Com 17 anos eu consegui comprar tudo o que eu queria, sempre considerei prostituição uma profissão. Eu queria dinheiro e queria fazer sexo”.

Raquel relatou contou parte de suas experiências no livro O Doce Veneno do Escorpião, que acabou adaptado para o cinema sob o título Bruna Surfistinha, que traz a atriz Deborah Secco na pele da ex-garota de programa. O filme estreou em fevereiro nos cinemas e já é a produção nacional mais assistida no ano.