img-5845-hoje-eu-quero-voltar-sozinho

Brasil escolhe Hoje Eu Quero Voltar Sozinho para concorrer a vaga no Oscar 2015

img-5845-hoje-eu-quero-voltar-sozinho

Vocês estão cansados de saber que a gente é muito fã de Hoje Eu Quero Voltar Sozinho e estamos radiantes com a notícia de que o filme foi escolhido pelo Brasil para representar o país na disputa de uma indicação ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

img-6042-hoje-eu-quero-voltar-sozinho-cartazA ministra da Cultura, Marta Suplicy, anunciou o longa de Daniel Ribeiro como representante brasileira na corrida por uma estatueta na manhã desta quinta-feira, 18. E, para quem não sabe, a história é sobre um garoto cego e homossexual que tenta driblar a superproteção da mãe e ainda precisa aprender a lidar com todas as mudanças e descobertas que a adolescência traz, entre elas, o florescimento de uma paixão.

No Festival de Cinema de Berlim, Hoje Eu Quero Voltar Sozinho levou o Teddy, prêmio de mellhor filme com temática LGBT, e também ficou com o prêmio de melhor filme da mostra Panorama, dado pela Federação Internacional de Críticos de Cinema.

Além disso, a interpretação de Guilherme Lobo e Fabio Audi foi sucesso de bilheteria nos cinemas nacionais. Agora chegou a hora de fazer bonito nas telonas gringas. Os americanos poderão assistir Hoje Eu Quero Voltar Sozinho a partir do dia 7 de novembro em Nova York e São Francisco. Depois, mais 30 cidades dos Estados Unidos também irão exibir o longa.

“Foram quatro anos e meio para fazer esse filme. É muita pretensão falar que vai ajudar a diminuir a homofobia no Brasil, mas ele passa uma mensagem muito positiva. E os relatos do público até agora foram incríveis, mesmo do público heterossexual”, comemorou a produtora Diana Almeida, que representou o diretor que está na Austrália.

A 87ª edição do Oscar acontece no dia 22 de fevereiro. A última vez que o Brasil conseguiu emplacar uma produção na disputa pelo Oscar de Melhor Filme Estrangeiro foi em 1999 com Central do Brasil. No Oscar 2014, foi indicado à pré-seleção o longa O Som ao Redor. O Palhaço, Tropa de Elite 2: O Inimigo Agora é Outro, Lula, o Filho do Brasil e Salve Geral tentaram uma vaga entre os indicados, respectivamente, em 2013, 2012, 2011, 2010.

Confira a lista dos longas que disputaram a seleção nacional:

A grande vitória, de Stefano Capuzzi
A oeste do fim do mundo, de Paulo Nascimento
Amazônia, de Thierry Ragobert
Dominguinhos, de Eduardo Nazarian, Joaquim Castro e Mariana Aydar
Entre nós, de Paulo Morelli
Exercício do caos, de Frederico Caos
Getúlio, de João Jardim
Hoje eu quero voltar sozinho, de Daniel Ribeiro
Jogo de xadrez, de Luís Antônio Pereira
Minhocas, de Paolo Conti e Arthur Nunes
Não pare na pista: A melhor história de Paulo Coelho, de Daniel Augusto
O homem das multidões, de Marcelo Gomes e Cao Guimarães
O lobo atrás da porta, de Fernambo Coimbra
O menino e o mundo, de Alê Abreu
O menino no espelho, de Guilherme Fiúza Zenha
Praia do futuro, de Karim Aïnouz
Serra pelada, de Heitor Dhalia
Tatuagem, de Hilton Lacerda