AnittaFoto: Reprodução

Anitta perde recurso judicial terá que pagar R$ 3 milhões à ex-empresaria

Desde que rompeu seu contrato com a empresária Kamilla Fialho, Anitta tenta na Justiça ganhar o direito de não pagar a multa de rescisão. Mas nesta terça-feira, 13, a cantora teve um revés e terá que depositar imediatamente R$ 3 milhões em uma conta judicial. Caso não cumpra a decisão, a carioca pode ter seus bens bloqueados.

Siga o Fica Quietinho no Instagram

As informações são do jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo. A decisão da 9ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro foi unanime. Os três desembargadores deram razão à produtora K2L. Este foi o segundo recurso apresentado por Anitta na batalha judicial.

Valor pode aumentar

A ex-empresária de Anitta pede mais dinheiro ainda no processo que move. Kamilla Fialho quer uma indenização que, em valores corrigidos, chega a R$ 14 milhões, segundo seu advogado.

Curta o Fica Quietinho no Facebook

A multa cobra ainda pode crescer porque a dona da K2L pede também o recebimento dos valores que deixou de lucrar com o rompimento do contrato. Se a Justiça acatar a quantia exigida pela empresária, Anitta pode ter que desembolsar mais de R$ 30 milhões.