Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

All Star comemora 50 anos de Stonewall com coleção nas cores das bandeiras Trans e LGBT+

Modelo personalizado /Foto: Reprodução

2019 será um ano emblemático para a comunidade LGBT+. Neste ano completam-se cinco décadas do episódio de Stonewall, que deu origem mundialmente ao movimento em prol dos direitos LGBT+. Para comemorar, a All Star lançou uma linha Converse com as cores das bandeiras Trans e do arco-íris.

Siga o Fica Quietinho no Instagram

A marca só disponibilizou a coleção – por enquanto, esperamos! – para os Estados Unidos. São diversos modelos e não pouparam nem as solas, que estão cheias de cores. Um dos tênis que traz as cores da bandeira Trans já está inclusive esgotado. Também é possível personalizar os pisantes, não é demais?

Um modelo de tênis com cores da bandeira Trans já está esgotado / Foto: Reprodução

Stonewall na Parada LGBT

Vale lembrar que os 50 anos de Stonewall será também o tema da 23ª Parada do Orgulho LGBT que acontece em 23 junho em São Paulo. Nós falamos sobre isso aqui no blog recentemente. Para quem não sabe, The Stonewall Inn é o nome de um bar em Nova York –que deu origem à celebração mundial do Dia do Orgulho LGBT+ no dia 28 de junho. Em 2019, serão completados 50 anos da noite em que aconteceu o estopim da reação de gays, lésbicas e trans cansados de sofrer repressão policial em bares ou reuniões informais que faziam por pura diversão.

Curta o Fica Quietinho no Facebook

Uma batida policial surpreendeu um grupo que estava no Stonewall e os prendeu por “conduta imoral”. Como não era a primeira vez que algo do tipo acontecia, grupos LGBT+ decidiram que era a hora de fazer um levante contra a polícia e seus atos de repressão à diversidade e à liberdade sexual.

Foi um momento histórico. Mais duas noites de afirmação e guerra contra a discriminação por conta de orientação sexual e os frutos começaram a ser colhidos rapidamente. Várias outras cidades americanas também deram início a um movimento em favor de diretos dos homossexuais. No ano seguinte, em 1970, acontecia a 1ª Parada do Orgulho LGBT+ que – assim como dará a de São Paulo neste 2019 – celebrava o episódio de Nova York.