Foto: Reprodução

“Agora me sinto no controle”, diz The Weeknd sobre usar drogas para compor

Starboy já rendeu ao The Weeknd a quebra de um recorde que era de Justin Bieber no Spotify. O álbum também recebeu muitos elogios da crítica, do público e de quem mais estava com saudades de obras de qualidade no pop. Mas nem sempre foi fácil para o cantor fazer músicas incríveis estando, digamos, sóbrio.

Siga @FicaQuietinho no Instagram

Em uma entrevista do jornal The Guardian, o dono de False Alarm abriu o coração e falou sobre a época em que usava drogas para compor. “Quando não tinha nada para fazer a não ser música, era difícil. As drogas foram minha muleta. Existem músicas do meu primeiro álbum que têm sete minutos de duração. Eram pensamento que tive quando estava sob influência disso. Não me vejo fazendo isso agora”, revelou ele.

The Weeknd ainda falou sobre as dificuldades que encontra atualmente quando rola um bloqueio de criação. “Até mesmo neste novo álbum… tem horas que você tem um bloqueio. Às vezes você para e pensa ‘eu não consigo fazer isso sóbio’”, comentou o cantor. “Mas agora me sinto no controle. Onde vou depois eu já não sei”, assegura ele sobre estar livre da influência das drogas.

Recorde no Spotify

O The Weeknd se tornou, segundo informações da plataforma digital, o artista com mais streams em um único dia no serviço. O recorde anterior era de Justin Bieber. O canadense tinha o número de 36 milhões de streamings em suas canções alcançados no dia 13 de novembro de 2015. Por enquanto, o Spotify ainda não liberou os números absolutos de execuções das músicas dele, mas nós já sabemos que o The Weeknd é poderosíssimo, não?

Curta o Fica Quietinho no Facebook

Vale lembrar que o cantor  se apresenta como um dos headliners do Lollapalooza Brasil, que acontece em 25 e 26 de março de 2017. Se você ainda não teve o prazer de ouvir esse disco, por favor, clica nesse play: